Motolagoa. O evento da solidariedade

24 abr 2011 as 13:37

Donativos dos Motociclistas em São Lourenço do Sul  atinge 17 toneladas

 

A edição do 14º MotoLagoa em São Lourenço do Sul, um dos mais tradicionais eventos do calendário gaúcho de eventos motociclísticos não apresentou como de costume números de 6 mil motociclistas e 15 mil pessoas, mas este evento renomeada como de Solidariedade  foi 2000 motociclistas, 8 mil pessoas nos três dias  e o melhor dos shows:  17 toneladas de donativos numa corrente nunca vista entre os motoclubes, irmandandes, revendas de moto e todos os envolvidos com duas rodas. 

A corrente foi iniciada já no dia seguinte aos acontecimentos dramáticos em São Lourenço do Sul, quando os Guerreiros do Asfalto já começaram a receber amigos motociclistas para ajudarem na limp.za da lama. Várias entregas de donativos foram recebidas com os envolvimento de diversos motoclubes e a Associação dos Motociclistas do Rio Grande do Sul (AMO-RS) cuja campanha foi coordenada pelo presidente, José Vilson Kuhn de Oliveira: “Não podíamos ficar de braços cruzados vendo  tanta tragédia  e tristeza numa cidade tão bela cuja comunidade sempre recebeu tão bem os motociclistas” frisou Vilson, que se juntou ao coro dos que queriam a realização do evento com o de solidariedade aos mais de 15 mil habitantes atingidos. 

O ápice da campanha foi atingido nos três dias do MotoLagoa com caminhões vindos de todos os cantos do Estado, lugares longíquos e outros próximos e sempre aquele sorriso dos que doam e o melhor: dos que recebem….

Para quem precisa 
 
O passeio tradicional dos Motociclistas foi direcionado à entregas dos donativos coordenado pelo Guerreiro Sidney Cassalha e sua esposa Ana. Sábado pela manhã foram entregues cestas de ranchos em várias localidades atingidas da cidade. A tarde, juntamente com o MG Rota 470 da Serra Gaúcha, um caminhão com cadeiras e outras doações foram levadas à Igreja Matriz e ao Lar dos Velhinhos Santo Antonio. Os motociclistas foram com suas motos e os velinhos. Segundo Ana Cassalha, os anciões  colocaram gravatas para receber os donativos. Já Sidney relatou com emoção a acolhida no Lar. Outras viagens de entregas foram feitas ao Lar para entregar, também, donativos aos funcionários que também foram atingidos, dando prioridades para os colchões, roupas de cama, etc.

Outra caravana festejada foi dos Moto Grupos e clubes da região da Gravataí que trouxeram doações arrecadadas na rede de lojas da Gravamotos/Honda de Gravataí e foram “in loco” fazer as entregas e assim o final de semana foi de caminhões que lotavam no Largo da Cruz e em seguida saiam para retornar. Foram 3 cargas de caminhão só com as doações recebidas no local do evento. 

No domingo as entregas das cestas básicas e colchões foram na Ruas 7 de Setembro, Travessa São Pedro, Travessa Popular, Gustavo Winke, Izolina Passos e Beco Popular.  Na segunda-feira já estão agendadas entregas em Creches com roupas infantis, leite, biscoitos  e fraldas.

“A quantidade recebida é muito grande e por isso, encaminhamos a defesa civil que está organizada para entregar à população os donativos que não conseguimos entregar” finaliza Ana, depois de três dias com ampla atividade nas comunidades atingidas.

Troféus destaques

Cerca de 200 moto clubes e grupos receberam troféus de participação no MotoLagoa, e a organização lembrou que os destaques neste evento onde os shows de bandas, free style foram cancelados, foram os motociclistas solidários.

Além dos brasileiros, Uruguaios, Argentinos e até um viajante da  Venezuela estiveram nesta festa de apoio à população de São Lourenço do Sul.  
Segundo Egon Hirchmann, presidente dos Guerreiros do Asfalto “não temos palavras de agradecimento para todos aqueles que vieram à São Lourenço do Sul e trouxeram além de donativos, recursos para a nossa cidade, pois este evento garantiu renda na hospedagem, postos de combustíveis, restaurantes, casas de aluguél, supermercados”  finalizou Hirschmann.

Já Mário Sica, “fizemos um evento simples mas grandioso, todos que vieram são aqueles motociclistas de muita qualidade e fizeram a diferença assim como os expositores ” comentou Sica. 

O 14º Moto Lagoa contou com o apoio da Secretaria Estadual de Turismo e muitos apoiadores locais que honraram a parceria, mesmo sendo atingidos, como exemplo disto, o Supermercado Yepsen que emprestou caminhão para o Guarda Volume aos cuidados do Lar da Caridade e o carro de apoio ao evento além de outras contribuições fundamentais neste momento.  Todos este parceiros locais incluindo o Restaurante das Cucas de Barra do Ribeiro, recebem o agradecimento da Associação Moto Clube Guerreiros do Asfalto.

 

O MotoLagoa – encontro de Motociclistas de São Lourenço do Sul está sendo marcado pela solidariedade entre os motociclistas e neste quesito esta “tribo” já tem demonstrado que supera outras correntes.

 

Numa concorrência positiva chega a todo instante, na recepção do evento, cargas de alimentos, produtos de limpeza e outros donativos. 
Impressionou um grupo de motociclistas de Montevidéo que trouxeram um pacote imenso na moto com as doações.

Já o MC  Águias do Asfalto de Taquara trouxeram no seu ônibus de apoio uma carga completa de produtos de limpeza que serão encaminhados para o Lar dos Velhinhos Santo Antônio que ainda precisa de muita coisa. No decorrer do final de semana o Moto Clube local, Guerreiros do Asfalto, estão organizando comitivas aos locais atingidos pela enchente para fazerem as entregas. Carros lotados de donativos e motos farão parte desta ação.

Sábado sai de Porto Alegre caminhões com donativos e muitos motociclistas para darem a cidade de São Lourenço do Sul o retorno da hospitalidade desta comunidade. 

 

 

Os shows foram cancelados porque o show principal é a solidariedade.

Ingreantes do MC Aguias do Asfalto com as doações ....

Fotos: Lorena Herte de Moraes

*Relações Públicas AMO-RS – Conrerp 1321 RS/SC
Categorias:

Associados Aniversariantes

Visualizações

Nossos Patrocinadores